Categoria: Entrevistas

Luke Mitchell fala sobre sentimentos de Roman nos episódios finais
Sabemos que Roman não ficou satisfeito com o que escutou de sua irmã Jane da última vez que a encontrou, mas isso seria o bastante para fazê-lo mudar de ideia em relação aos seus planos? Aparentemente, há uma confusão de sentimentos e ideias na cabeça de Roman. Em entrevista a repórter Carla do BuddyTV, Luke Mitchell falou sobre as atuais relações de Roman, seus planos e do que ele pode ser capaz de fazer até o final da temporada. Confira. Carla: Roman mataria Jane? Luke: Se ele realmente quisesse matar sua irmã, ele teria feito isso. Ela era a única que ele havia raptado. Com todos os outros, o trabalho do assassino era simplesmente matar cada um deles. Considerando que, com Jane, eles chegaram até ela e a pegaram, ele poderia tê-la matado se quisesse, mas ele então - subconscientemente, ele deu a ela uma saída. Ele queria ter mais tempo cara-a-cara com ela. Ele queria ver o que mais ela tinha a dizer e subconscientemente dar a ela uma chance de fugir e foi exatamente o que ela fez. C: Geralmente os planos de Roman funcionam, mas agora não estão funcionando. Nenhum dos agentes do FBI foi morto e ele está indo para Nova York para resolver isso sozinho. O que está retornando para Nova York significa para ele? L: Ele ainda vai estar jogando na vanguarda de sua mente, porque o FBI é implacável e eles vão ser um espinho para Crawford e, essencialmente, ele falhou com Crawford. Vai ser uma ameaça sempre presente. No entanto, ele felizmente encontra uma aliada em Kira, a advogada de Crawford, então eles desviam a atenção do FBI para o grande plano, que é o que é realmente mais importante neste momento. C: Como é o relacionamento entre Roman e Kira? Ela não parece confiar nele e cutuca suas fraquezas. Eles terão problemas? L: Eles vão ter um relacionamento muito interessante. Acho que ela está testando ele. Ela não confia totalmente nele, mas eu acho que ela está colocando ele em seus passos. Eu acho que Roman fez o suficiente para a empresa de Crawford então ela reconhece que ele tem muitas habilidades que eles podem usar. É realmente uma daquelas coisas em que quando eles começam a trabalhar juntos, você vai estar questionando exatamente quando ela vai descobrir por que ele continua fugindo. Vai ser algo acirrado, o que vai criar uma dinâmica lateral muito interessante. C: No final do último episódio, Roman tem um vislumbre maior do plano de Crawford e do que está acontecendo com o planeta. Isso o fará duvidar de sua decisão de ficar do lado do Crawford e deixar o FBI para trás? L: Ele está aliviado por ter tirado os holofotes dele e da equipe do FBI e que ele tenha colocado nesse plano. Quanto ao sentimento pelo grande plano e por Crawford, ele vai continuar um pouco duvidoso, um pouco sombrio. Ele realmente não sabe onde ele está. Ele está realmente tentando reconciliar um monte de sentimentos. Não vai ser: "Oh, bom. Estamos todos do mesmo lado agora e podemos avançar e alcançar este plano". Roman não sabe onde estão suas lealdades e está desesperadamente tentando resolver isso o mais rápido possível, porque não está se sentindo seguro. C: Um monte de fãs de Roman gostariam de encontrar um caminho de redenção para ele. Com tudo o que aconteceu, você acha que há alguma possibilidade disso? L: Eu tenho que acreditar ... Como você resgata completamente alguém? Eu acho que ele tem qualidades resgatáveis, mas ele é um personagem extremamente quebrado. Como ator, quando você está interpretando um personagem assim, você não pode interpretá-lo como um cara mau, ele é um cara legal dentro da sua própria história. Ele está tomando decisões com base em sentimentos conflitantes e mágoas passadas extremas. Eu acho que a resposta é que eu gosto de pensar que ele é resgatável, mas ele fez muitas coisas ruins. Ele é um personagem muito quebrado, mas eu o amo. C: No final do último episódio, Jane disse que mataria Roman quando eles se encontrassem novamente. Você acha que há chances de Roman fazer isso durante a temporada? Jane versus Roman, quem ganha? L: [Risos] Suponho que isso depende das circunstâncias. Ambos são igualmente qualificados. Historicamente, Jane era considerada a mais forte e melhor. Certamente seria um confronto muito interessante. Eles tiveram o confronto no final da segunda temporada, que Jane ganhou, mas Roman tinha acabado de sair do acidente de carro. Seria muito interessante colocar dois irmãos saudáveis ​​no ringue e tocar o sino. É claro que sou ligeiramente parcial e gostaria de pensar que Roman poderia vencer, mas acho que Jane é uma inimiga formidável que ninguém quer ter como inimigo. Eu certamente gostaria de ver isso, mas mais do que isso eu gostaria de vê-los se reconciliarem. Seria mais uma luta física ou emocional? L: A temporada tem sido uma luta emocional entre os dois (Jane e Roman) com Roman tendo a vantagem, tendo todos esses segredos, e usando-os para manipular ela e a equipe, e expor as coisas. Eu acho isso muito interessante. Eu não acho que Roman queira uma luta física com sua irmã. Acho que no fundo ele sabe, pelo menos psicologicamente, que lhe disseram toda vida que ela é melhor que ele. Em um nível básico, ele não quer ferir fisicamente sua irmã. Vai ser difícil para algumas pessoas acreditarem, mas você olha para as cenas desse último episódio, por exemplo, enquanto os assassinos vão atrás e realmente tentam matar o resto da equipe, eles capturam Jane e não a matam.
Martin Gero fala sobre Jeller e sobre a season finale da terceira temporada
Você acha que problemas e dr em relacionamento são complicadas? Bom, Jeller ultrapassou esse nível. Antes de sair para o hiatus de fim de ano, Blindspot soltou uma bomba em forma de confissão: Weller (Sullivan Stapleton) finalmente confessou à Jane (Jaimie Alexander) que tinha matado a filha dela. Felizmente, a volta do hiatus respondeu a  grande pergunta que ficou na cabeça de todos: "O que aconteceu em Berlim?"  “Vai ser difícil,” diz Martin Gero, o criador de Blindspot  ao TV Guide as consequências da confissão de Weller. “É uma história muito emocionante, obviamente, e eu não quero contar muito porque acho que as pessoas merecem assistir – é uma parte muito importante da história e é melhor elas só assistirem,” ele conta à TV Guide durante o TCA (Associação de Críticos de Televisão), onde ele esteve promovendo sua nova série "Deception". “Eu acho que nós lidamos com isso muito bem, nós dedicamos muito tempo para isso nesses próximos episódios, mas é algo difícil de superar. E como #Jeller se resolverá é uma história muito bonita e interessante e você pode esperar por isso nos próximos episódios." Segundo TV Guide, nos próximos episódios, podemos esperar que os dois trabalhem na relação tentando achar equilíbrio novamente para superar isso. “Idealmente, para um relacionamento funcionar, você precisa de equilíbrio, então essa temporada é sobre eles tentando achar isso,” diz Gero. “Encontrar esse equilíbrio apesar de todos seus segredos.” Martin Gero também falou sobre o final da terceira temporada, e ao que parece, vai ser bem controverso. “Algumas pessoas vão ficar eufóricas, outras com o coração partido," diz ele ao TV Guide. “Eu acho que vai ter uma reviravolta que vai te prender durante todo o verão.” E quando foi que Blindspot não nos tombou e deixou loucos (as) pelo próximo episódio/temporada?
Reshman Shetty fala sobre a relação de Megan e Reade e o possível triângulo envolvendo Tasha
No episódio desta sexta-feira (19), iremos ver um pouco mais do romance de Reade e sua namorada e jornalista, Megan (interpretada por Reshman Shetty), quando inesperadamente ela acaba envolvida em um dos casos que a equipe está investigando. Lembrando que vimos Megan pela primeira vez no segundo episódio dessa temporada, quando ela ficou cara a cara com Zapata (Audrey Esparza), pela primeira vez. A atriz Reshma Shetty, que anteriormente estrelou "Royal Pains", fala ao ET sobre o que teremos no próximo episódio "Balance of Might", e fala também sobre a sorte que tem pelas mulheres fortes que interpretou até agora. "Eu tenho tido muita sorte com as minhas personagens -- Divya [de Royal Pains] e Dr. Channarayapatra [de Pure Genius]. O que foi realmente legal sobre essa personagem é que está introduzindo a conexão que ela tem, não só com o namorado dela -- foi muito legal interpretar uma namorada na série porque geralmente não tenho sorte nessas coisas -- e com os casos do FBI: secretos e que salvam vidas. Isso é o que define Blindspot para mim," diz Shetty ao ET. "É o ano das mulheres, não é? Megan definitivamente é uma mulher que sabe no que ela é boa, está apaixonado por um homem forte e os espectadores irão descobrir o que está acontecendo nesse relacionamento e na carreira dela." "O que sabemos da Megan até agora é que ela está tentando conhecer melhor a Tasha, entendendo que ela é parte desse mundo perigoso e secreto do qual o homem que ela ama faz parte, àquele que ele do qual ele não consegue falar e ela respeita isso," Shetty diz à ET. "Esses dois sabem muito o que está acontecendo um com o outro, e para Megan, ela realmente gosta da Tasha. Ela vê outra mulher forte e veremos como tudo isso se desenrola. Os triângulos são praticamente a base das séries e nós adoramos! Tenho certeza de que o que deveria acontecer, vai acontecer". "Eu não acho que alguém irá entender completamente, a menos que realmente esteja ou se coloque na situação deste episódio", completa Steve Shetty. Segundo ET Online, sua personagem irá aparecer em pelo menos mais dois episódios nesta temporada. "Ela está aprendendo muito sobre o Reade. Ela está cada vez mais apaixonada por ele. Eu acho que eles estão bem adaptados um ao outro até esse momento. Ela está entendendo o que ele realmente faz e isso também é emocionante para ela. Eu não vejo ela como uma mulher que se afaste de coisas assim. Provavelmente ela é mais atraída por Reade por causa do que ele é capaz de fazer ". Confira Sneak Peek do episódio: https://www.youtube.com/watch?v=xLevmgKAQls
SPOILER: Jane toma decisão dolorosa após revelação de Kurt
Logo após o episódio que foi ao ar nesta sexta-feira (12) pelo NBC, o Entertainment Weekly liberou uma entrevista no qual fala com Martin Gero sobre as decisões envolvendo Jane e Kurt com relação a revelação feita pelo agente do FBI e sobre Avery. ATENÇÃO, ESTA MATÉRIA CONTÉM SPOILER SOBRE O EPISÓDIO 3.09 - HOT BURNING FLAMES   Embora Jane (Jaimie Alexander) estivesse inicialmente em estado de negação a possibilidade de que Weller (Sullivan Stapleton) havia matado sua filha, ele explicou que Avery (Kristina Reyes) tinha secretamente embarcado junto com Weller em uma missão em Berlim para obter mais informações sobre o paradeiro de Jane, mas isso era uma armadilha e Weller acidentalmente atirou nela pensando que ela era uma das pessoas que os estavam perseguindo. Ao final do episódio, Jane decidiu se separar de Weller, desanimada, porque nunca chegará a conhecer a filha e com raiva porque Weller não contou a verdade a ela. "Ambos estão com o coração partido", o produtor executivo Martin Gero disse ao EW sobre a separação. "Mas agora mesmo, Jane não pode entender o lado de Weller. A equipe quer dar espaço e espera que eles possam descobrir como superar isso, mas no trabalho, todos vão tentar manter o foco na tarefa em questão ". Mas poderia haver esperança no horizonte, porque os momentos finais do episódio foi revelado que Avery ainda está viva, como os telespectadores a viram tentar escapar do cativeiro na Alemanha. Será que a suposta morte de Avery realmente faz parte dos planos de Roman, em última análise, uma maneira de colocar um espaço entre Jane e Weller? "Teoria interessante", diz Gero. "Continue assistindo." Enquanto os espectadores sabem que Avery está realmente viva, Jane não demorará muito para descobrir isso. "Acontecerá mais cedo do que você pensa", diz Gero de uma reunião mãe-filha. "E isso envolverá alguém do passado de Jane. Weller, pelo menos inicialmente, não ficará feliz com isso ".
Entrevistas: O que podemos esperar da segunda metade da temporada?
No último episódio de  Blindspot intitulado “City Folks Under Wraps”, Weller (Sullivan Stapleton) finalmente contou um dos maiores segredos dessa metade da temporada: o que aconteceu em Berlim, o qual envolvia o paradeiro de Avery, a filha de Jane (Jaimie Alexander). A bomba foi jogada no colo de Jane por Weller, dizendo que ele havia matado a garota. Jane ficou atordoada, nós ficamos atordoados e foi aí que paramos. A ET Online e o TV Insider conversaram com o produtor Martin Gero sobre essa chocante revelação, o impacto que ela terá na relação entre Jane e Weller e como será o desenvolvimento do plano de Roman ao se aproximar do pai de Blake nessa segunda metade da temporada. Reunimos todas as informações em uma só matéria para que vocês possam ficar por dentro dos spoilers e formar suas teorias para quando Blindspot retornar em 12 de Janeiro. Confira! Então o Weller matou a filha de Jane. O quanto disso é verdade? Martin Gero: É 100% um fato. É nisso que ele acredita. Foi isso que aconteceu. Ele não está mentindo para ela. Não mais há parte dele que ofusca a verdade dela. Ele tem escondido esse fato dela – e descobriremos por que – mas muitos de vocês podem adivinhar: ele procurou Jane por dois anos e sabe que esse único segredo irá os separar de novo. Para Jane, a parte mais difícil de engolir é ele não contar. Essa será a parte mais difícil. E assim como fizemos quando nós revelamos que Borden era um espião no ano passado, nós vamos realmente explicar tudo direitinho esse ano e mostrá-lo através de flashbacks. É uma história muito emotiva e estou muito animado para os fãs descobrirem tudo. Nós dedicamos cerca de um quarto do próximo episódio para explicar exatamente o que está acontecendo. Então, sim, é uma grande coisa. Teremos uma visão real do que aconteceu. Jane finalmente chega ao ponto de se sentir confortável em buscar sua filha e então Weller joga essa bomba drástica. Como a Jane lida com as notícias sobre o destino de sua filha? Será muito difícil. Nós realmente colocamos a Jane na âncora esse ano e não a subiremos agora. Você está certo, [ela chega a um ponto em que ela diz] “Talvez eu devesse tentar encontrá-la.” E descobrir que ela está morta é de partir o coração para Jane. O fato de a pessoa que ela mais ama e confia escondeu esse segredo dela e a viu continuar com essa ideia é difícil. Será um tempo de adaptação para eles, certamente. Esse é o plano de Roman. Ele queria causar um caos na vida de Jane. Ele está fazendo um bom trabalho quando chegamos à metade da temporada. E qual vai ser o arco emocional de Jane enquanto ela processa a informação? Vai ser bem difícil, porque eu acho que ela e Weller estão mais próximos do que nunca e isso foi baseado - pelo menos da parte dela - em completa honestidade. Então eu acho - sem entrar muito na história - que o jeito que isso aconteceu é muito triste e trágico, mas acredito que a pior traição foi que ele não contou logo quando ela voltou. E parece que essa vai ser a parte mais difícil para ela aceitar e vai levar alguns episódios para eles realmente processem tudo isso. Vai ser bem complicado para eles. O Weller matou a filha da Jane em Berlim? Esse é o segredo de Berlim. Sim. Agora que Weller foi honesto com a Jane, Roman não tem mais com o que chantagear ele. Como isso vai mudar a dinâmica entre Weller e Roman e também a dinâmica entre Jane e Roman? Eu acho que Jane está lentamente se arrependendo de não ter matado o Roman quando ela teve a chance no final da segunda temporada, então isso não ajuda, certamente. E você está certo: Roman não tem mais nada sobre o Weller, então ele vai ter que se dedicar um pouquinho mais em seu plano. Roman diz no fim do episódio que Weller está fora do jogo por enquanto. Quem do time será o próximo? (Risos.) Não posso dizer. Esse episódio colocou Hank Crawford como uma importante parte da história da metade da temporada, qual será seu papel? Acredito que muitas pessoas têm pensado, “O que é essa história da Blake com o Roman? Por que continuam mostrando o Roman?” E então percebemos que o personagem Hank Crawford e as tatuagens e o que Roman está fazendo se colidem. Todas as tatuagens apontam para esse homem e enquanto o time está investigando Crawford de fora, Roman conseguiu habilmente um lugar dentro. E eles trabalharão simultaneamente para derrubar ele. O que faz David Morse ser tão perfeito para esse papel? Você vai ver nos próximos episódios, mas ele é um cara muito adorável. Ele traz um grande charme ao personagem, mas também consegue conciliar a seriedade e o perigo. É um homem perigosamente incrível e ser capaz de interpretar os dois lados é o que a gente gosta. Roman também tem isso. Ele é um sociopata e assassino, mas estamos focando nele de uma outra maneira. E o que David consegue trazer ao personagem é exatamente isso, esse tipo de charme diabólico, no qual ele é muito interessante mas também muito assustador. Roman concordou em ser o guarda-costas de Blake, o quê podemos assumir que é apenas para que ele se aproxime de seu pai. O que você pode dizer em termos da relação de Roman com o pai dela, agora que ele estará diariamente em sua órbita? É muito perigoso para ele, mas, ao mesmo tempo, o que é fascinante na história é que o Roman realmente ama a Blake.  Roman está realmente começando a se apaixonar por ela, o que certamente complicará as coisas para ele. Essa é uma jornada emocional muito interessante para entrarmos com esse cara incrivelmente perigoso. Estamos animados com o rumo que a história está tomando. Não posso entrar muito em detalhes, mas é uma parte muito emocionante para nós. Roman ainda tem o controle da situação. Quando isso mudará? Roman é o líder. Ele criou essa nova versão das tatuagens. Ele sabe quando tudo termina. Ele sabe qual é o jogo. E percebemos que arruinar a vida de Jane é apenas uma parte, é uma missão secundária que ele quer completar. Descobriremos mais ao longo da temporada, e também o porquê. Se e quando Blake descobrir a identidade verdadeira de Roman, como isso afetará a relação dos dois? Não responderei essa pergunta. Pode acontecer. Pode não acontecer. Mas pode. (Risos.) Enquanto nos despedimos da Diretora Hirst, o que você pode dizer sobre Mary Stuart Masterson? Não vai ser última vez que vocês vão ver a Hirst; vai ter um pouco mais, apesar de ela estar sob custódia e fora do jogo. Mary Stuart tem sido tão incrível e ela interpretou seu papel brilhantemente. Nós realmente precisávamos de alguém que os telespectadores fossem se apaixonar e, pelo menos no início, apoiasse o time, para que quando essa reviravolta acontecesse, fosse bem chocante. Nós amamos Mary Stuart [Masterson] demais, estávamos procurando por oportunidades para trazê-la de volta e acho que encontramos um jeito mais tarde nessa temporada, mas é, ela está em problemas. O que os espectadores podem esperar da segunda metade da temporada? E onde Blindspot vai estar quando voltar do hiatus em 12 de Janeiro? Ainda vai estar na sala com Jane e Weller? Não vai voltar diretamente aí, mas vocês vão descobrir tudo. Vão ver o momento em que ela escuta a notícia e então a explicação de Weller sobre o porquê e como aconteceu. Vão descobrir porque Berlim tem sido tão importante, e é de partir o coração e bonito. Além de ser um dos nossos maiores episódios emocionalmente, porque finalmente descobrimos sobre Berlim e a relação Jeller está em uma posição delicada. E, além disso, ainda temos um caso para resolver e é um dos maiores até agora. É realmente um dos maiores e mais excitantes episódios que já fizemos. Eu mal posso acreditar que conseguimos produzi-lo. Uma grande parte foi filmada em Marrakech, Marrocos, e também fizemos algo que eu queria fazer por três temporadas: fizemos uma enorme sequência de para-quedas – sem tela verde – no céu, uma das mais incríveis sequências de paraquedismo já feitas. É um grande episódio que filmamos internacionalmente e eu acredito que as pessoas vão amar a emoção, e também é um dos nossos melhores casos. Será um episódio muito intenso. Eu ainda não contei a ninguém, mas Anthony Lemke, que fará o papel de Victor, finalmente fará uma aparição, começando no nono episódio. Essa temporada teve bomba atrás de bomba. O que mais está vindo? Fico feliz que você pense assim, mas ainda tem muito mais. Essa foi uma temporada de segredos para nós. Foi a ideia central, e esse salto de dois anos no show vai render várias histórias para essa temporada. E eu acho que estamos tirando vantagem disso. Ainda tem muito para vir. Alguns dos maiores segredos, para ser honesto. Há alguns bem emocionantes e surpreendentes. É difícil de falar sobre isso sem contar o que são. Mas, sim, ainda tem muita coisa para vir aí.
Martin Gero fala sobre o segredo revelado de Jane
Apagar a memória de Jane Doe ainda traz consequências desconhecidas para ela, como nos mostrou o episódio 3.04 "Gunplay Ricochet". No final do episódio dessa semana Jane recebeu um documento de um antigo contato que revelou que nossa tatuada teve uma filha num passado distante e a doou para adoção, mas... como assim? Em entrevista para o Entertainment Weekly, Martin Gero nos falou sobre como isso irá afetá-la e como isso irá afetar seu relacionamento com Weller. Confira! ENTERTAINMENT WEEKLY: Jane tem uma filha! O que?  MARTIN GERO: Ela apagou sua memória, ela não se lembra de muitas coisas! Ela não se lembrava de Roman até encontrar Roman, e então isso provocou algumas lembranças. Então você pode esperar o mesmo aqui. Ela simplesmente não se lembrava, infelizmente. Isso é algo com o qual lidamos em que ela percebe que ela não lembra de ter um filho. Patterson tenta confortá-la no próximo episódio com, "Você apagou sua memória. Se alguém tiver uma desculpa para não lembrar, é você ". EW: Como isso vai afetar Jane? MG: Vai ser muito difícil para ela lidar. Ela vai percorrer toda a gama de emoções que você pode imaginar ao ter que lidar com informações como essa. O que ela decide fazer com essa informação não é tão direto como você imaginaria. É muito difícil falar, porque, obviamente, não é uma mentira: ela tem uma filha, é uma parte central da nossa história este ano. Além disso, vê-la lidar com isso emocionalmente é uma grande parte da história este ano, e como ela e Weller lidam com essa informação, e como eles fazem isso juntos e separados. É um grande negócio para nós. EW: Este foi sempre o plano de apresentar uma filha para ela?  MG: Nós sempre conversamos sobre isso na primeira temporada. Quando estávamos explorando quais coisas importantes você não gostaria de esquecer, isso era obviamente enorme. E se ela tivesse um filho e ela não se lembra? Era uma ideia de história sem lugar dentro do script há muito tempo. Então, quando começamos a pensar esta temporada em direção ao final da segunda temporada, nós pensamos "Oh, sim, esse é o momento de usar isso" por muitas razões que ficarão claras à medida que continuamos. EW: Existe alguma coisa que você possa dizer sobre onde sua filha pode ser e se a conhecemos?  MG: Você vai encontrá-la, absolutamente. Não posso dizer onde ela está. EW: Quem é o pai?  MG: Vou responder totalmente a essa pergunta porque, para ser sincero, não é uma grande parte da temporada este ano. Era alguém do ensino médio dela, essencialmente. Ela era muito jovem. Estamos dizendo que ela tinha 16 ou 17 anos quando aconteceu. O pai biológico da criança não aparece na temporada este ano. EW: Como isso pode afetar o relacionamento de Jane e Weller?  MG: Inicialmente, acho que os aproxima de uma maneira porque ele está lá para ela. É por isso que você está em um relacionamento, é ter alguém lá para enfrentar uma tempestade com você, para apoiá-lo quando estiver passando por um tempo difícil. Mas é Blindspot, então ficará um pouco complicado para eles. Vai ficar mais difícil antes de ficar mais fácil, mas não tenha medo, fãs de Jeller: estará tudo feito no final. EW: Será que a descoberta de que Jane tem uma filha aborda a discussão de crianças entre Jane e Weller?  MG: Essa é provavelmente a coisa segura de adivinhar, mas isso não acontecerá assim que você pensa. EW: Roman tem sido muito internacional, mas quando ele pode chegar em casa e realmente enfrentar Jane?  MG: Roman definitivamente vai continuar ligando para ela. Eles continuarão tendo seus telefonemas, mas essa é a maneira mais segura para ele fazer isso. Estar dentro da distância de um braço de Weller ou Jane agora seria incrivelmente perigoso para Roman. Ele vai estar presente na série com eles, mas ele vai manter o comprimento de um oceano. EW: Alguém com acesso de alto nível está ficando um passo à frente do time. Existe outro espião dentro do FBI?  MG: Eu acho que definitivamente há alguém dentro do FBI que não é bom ou tem seu próprio plano nefasto sobre como mitigar os danos que a tatuagem está procurando causar. Essa é uma história que vamos encerrar nos próximos quatro episódios. A grande coisa de ser um fã do Blindspot, se eu pudesse simplesmente dizer, é que, ao contrário de alguns shows, é que quando lhe damos esses grandes cliffhangers suculentos, você não vai conseguir obter informações divulgadas na próxima temporada. Muitas coisas vão se tornar claras para vocês, nos próximos três ou quatro episódios. Zapata agora suspeita de Reade. O que isso fará com sua amizade?  MG: Ela suspeita dele, mas não quer. Isso é uma coisa bonita. Reade tem alguns segredos. Zapata certamente tem alguns segredos. Isso vai desafiar sua relação este ano, absolutamente. EW: A investigação dessa tatuagem colocará Patterson e Zapata em perigo?  MG: Absolutamente. Quero dizer, Stuart está morto ostensivamente pelo que ele descobriu dessa tatuagem. Nossa equipe está tentando muito descobrir o que Stuart sabia. Se essa informação o matou, é seguro dizer que eles estão em perigo mortal por esse caminho. Blindspot retorna para a TV dia 01 de dezembro nos Estados Unidos. No Brasil, a série é transmitida pela Warner e não tem previsão de chegada da terceira temporada

Publicidade